Marinharia

Três modos de usar duas âncoras

por Administrador
Postado em 13 de Setembro de 2017

Se um ferro segura o seu barco, dois seguram muito mais, certo?

Se um ferro segura o seu barco, dois seguram muito mais, certo? Mas como lançar dois conjuntos depende da situação e de um grande número de variáveis, incluindo vento, profundidade e ondas, além de outros barcos na área. Por exemplo, o que é melhor: uma na proa e um na popa ou ambos na proa? 

1 - Fundeação bahamiana
A fundeação (ancoragem) bahamiana, que consiste basicamente em lançar dois ferros em lados opostos da proa, é um dos meios mais utilizados para limitar o movimento da embarcação durante o fundeio. Inicie lançando o primeiro ferro normalmente e deixe que a correnteza ou uma marcha a ré de leve faça com que o ferro unhe (se agarre ao fundo). Continue pagando cabo ou corrente até alcançar o dobro da distância pretendida para os ferros. Lance o segundo ferro, certifique-se de que tenha unhado e, a seguir, posicione-se ao meio, entre os dois ferros.

Em barcos com propulsão convencional, talvez seja mais fácil usar um cunho na popa para unhar o ferro, pois dessa forma a amarra fica mais longe do hélice, evitando que se enrosque nele. A sua maior preocupação nesse tipo de fundeio é evitar que as amarras fiquem muito folgadas, pois dessa forma uma delas pode se enroscar nos hélices. 

2 - Quase na praia
A minha lancha possui dois motores de popa, cujo captador de água de refrigeração fica na aleta da rabeta, ou seja, não pode chegar perto do fundo que já capta sujeira. Por isso, detesto encalhar meu barco na praia.

Quando vou curtir um dos populares bancos de areia do lago Sebago, no Maine (EUA), me aproximo de ré e lanço o ferro principal em uma posição que seja boa para a família descer e que me coloque de um jeito que as marolas dos outros barcos não nos incomodem. A seguir, enterro uma âncora de terra, tipo "Slide Anchor" (USD 69,99 em slideanchor.com) e prendo a amarra de popa nela. Essa técnica é bastante adequada também para barcos equipados com transmissão de força convencional (eixo e hélice fixo). 

3 - Ferro duplo
Outra técnica de fundeio perto de praias requer o auxílio de um membro da tripulação. Enquanto você se aproxima da praia lentamente, peça para o seu auxiliar lançar o ferro pela popa até que ele se unhe e depois continue folgando a amarra, até que se chege na posição desejada. A seguir, desligue o motor, eleve a(s) rabeta(s) e peça ao tripulante para soltar outro ferro pela proa. Se necessário, ele pode pular na água e enterrar o ferro manualmente.

A posição do barco é determinada caçando ou folgando a amarra de popa. Seu tripulante, então, ajusta o ferro de proa. 

*Texto: Eric Colby

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

comentários