Marinharia

Entendendo o fator ancorabilidade antes de comprar um barco

por Administrador
Postado em 14 de Setembro de 2017

Não importa se é só uma parada rápida para um mergulho, pernoite ou se é um fundeio para aguardar auxílio: a facilidade para lançar o ferro é crucial

Procurando um barco novo? Um dos aspectos importantes a considerar é o que chamo de "ancorabilidade". Não importa se é só uma parada rápida para um mergulho, pernoite ou se é um fundeio para aguardar auxílio, a facilidade para lançar o ferro é crucial. Eis alguns aspectos importantes a considerar na hora de escolher seu novo barco. 

1 - Guarda-mancebos
Por uma questão de segurança, seu barco deve ter um guarda-mancebos na proa. A norma define que ele só será seguro se tiver 60 cm de altura e se for preso ao convés com parafusos passantes e contra-chapa de reforços. É uma boa ideia olhar através do paineiro do compartimento da âncora para verificar o tipo de fixação. 

2 - Púlpito
Um púlpito moldado na proa é sempre uma boa ideia. Assim, o ferro pode ser posicionado sobre uma roldana bem afastada da proa do barco. Um púlpito resistente também ajuda a evitar que a âncora machuque o casco durante o lançamento e a recuperar o ferro. 

3 - Cunhos
Assim como os guarda-mancebos, os cunhos devem ser fixados no convés com parafusos passantes e contra-chapa. Além disso, devem ter tamanho suficiente para acomodar os cabos, incluindo uma volta completa em sua base e o nó de cunho. 

4 - Compartimento para âncora
O compartimento para âncora na proa deve ser estanque para o resto do casco. Examine se a antepara encosta no convés e se há escoamento de água para fora do casco. Além de ser mais seguro, evita que o cheiro de lama com água salgada penetre na cabine. Para ser pefeito, o compartimento deve ser equipado com um olhal para prender o final do cabo da âncora. 

5 - Passa-cabos na lateral
Caso tenha que lançar dois ferros, a existência de passa-cabos nos dois bordos da proa facilita a tarefa. Também são úteis para manter o cabo da âncora preso em um só local, evitando que enrosque ou danifique outras estruturas no convés, tais como luzes de navegação. 

6 - Rolete na proa
Se quiser usar um guincho, um bom rolete na proa é essencial para uma operação segura. Examine se o rolete foi desenhado para o tipo de amarra que pretende usar (se é para corrente ou cabo) e certifique-se da existência de algum dispositivo (pino ou arco) para evitar que o cabo salte do rolete. 

7 - Trava corrente
Os guinchos são desenhados para lançar ou recolher correntes, não para prendê-la por longos períodos. Portanto, veja se há um dispositivo para travar a corrente, tanto na posição recolhida, quanto lançada. 


Guincho
Encontrados em várias versões, horizontais ou verticais, no convés ou embutidos, guinchos elétricos facilitam bastante a operação de lançar o ferro. Geralmente operados da estação de comando, podem ser controlados também por meio de controles remotos com e sem fio, além de interruptores especiais no convés.
 

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!

comentários