Lanchas

Testamos: Mastro D'Ascia Nomad 7XF

por Administrador
Postado em 31 de Agosto de 2017

Embarcação é fabricada em Santa Catarina e voltada aos praticantes da pesca esportiva

Mastro D'Ascia Nomad 7XFUm bom projeto, quando bem executado, faz toda a diferença na água – e, quando testamos o catamarã Nomad 7XF, do estaleiro catarinense Mastro D’Ascia, ficou evidente que se tratava de um barco com essas características.

O processo de construção por infusão a vácuo do casco de fibra de vidro garante ao modelo leveza e alta resistência. A grande sacada do catamarã é que, durante a navegação, o ar entra entre os dois cascos ao longo das estruturas, e a velocidade aumenta – isso porque o ar é comprimido lá dentro, fazendo pressão, tirando o casco da água, diminuindo o atrito e usando menos a potência do motor. Isso propicia uma economia de combustível em velocidades elevadas (chegamos a 40 nós com dois motores de popa de 115 hp).

O Nomad 7XF é muito recomendado para os praticantes da pesca esportiva, pois possibilita realizar atividades a longa distância de forma muito confortável (o costado é alto e foi projetado especialmente para navegação em alto-mar e em águas agitadas). Além disso, possui um espaço interno muito avantajado e alguns bons diferenciais, como as caixas térmicas estanque e removíveis dispostas pelo barco inteiro – ao fim da pescaria, basta tirá-las e levá-las embora –, e, claro, os incontáveis porta-varas.

A princípio navegamos o Nomad 7XF em mar liso, mas pouco depois fomos surpreendidos por um vento sul de mais de 20 nós e marolas curtas – e aí sim sentimos toda a engenharia do casco, da construção e do projeto. Navegamos acima de 35 nós com vento de proa e, quanto mais acelerávamos, mais o catamarã saía da água. Parecia até que navegávamos sobre um colchão de ar. Em seguida, invertemos e andamos de popa a 40 nós. Concluímos que o Nomad 7XF é um catamarã extremamente confortável, seja navegando contra o vento, seja a favor. A 12 nós o barco já começa a planar, com consumo de combustível muito baixo.

O posto de comando é confortável e completo, com banco ajustável em três posições e painel de controle escamoteável com espaço para seis relógios de 4” e outros três de 3,5”, além de dois eletrônicos de até 10”, rádio VHF e instrumentos do motor.

Da construção às ferragens, tudo é feito com material de primeira qualidade. O para-brisa, por exemplo, é todo feito de policarbonato – um material altamente resistente e praticamente inquebrável. Há paiois secos sob os bancos, muito úteis. A propósito, são dois assentos fixos: um a bombordo, com capacidade para três pessoas, e outro a boreste, com capacidade para uma pessoa. O cliente pode incluir, como itens opcionais, dois assentos escamoteáveis na popa, com capacidade para uma pessoa cada.

A cabine com pé-direito de 1,70 m na entrada tem uma confortável cama de casal e um vaso sanitário, possibilitando o pernoite para duas pessoas em viagens mais longas. Em passeios diurnos, a Nomad 7XF acomoda até 10 passageiros.

Leveza, resistência, boa performance e boas ideias fazem da Nomad 7XF uma ótima opção para quem busca uma lancha versátil e funcional na faixa dos 20 pés.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Texto: Redação Mariner Brasil
**Fotos: Pepe Mélega

Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades!